sexta-feira, 4 de março de 2011

Curso de Jardinagem - Como fazer mudas - Aula 06

6.0 Como fazer mudas de plantas?
Como posso multiplicar as minhas plantas?
6.1 Multiplicação por sementes

 O uso de sementes é o principal método para propagação das plantas anuais e bienais. As sementes são colocadas em substrato próprio, enterradas em uma profundidade correspondente a duas vezes o seu tamanho e então borrifadas com água. A germinação ocorre melhor em temperaturas entre 20-24 0C.
Exemplos de plantas multiplicadas por sementes:
  • Nome comum / Nome científico:
  • Boca-de-leão / Antirrhinum majus;
  • Ardísia / Ardisia crenata;
  • Margaridinha / Bellis perennis;
  • Sapatinho-de-vênus / Calceolaria herbeohybrida;
  • Crista-de-galo / Celosia cristata;
6.2 Multiplicação por estacas (estaquia)
A multiplicação por estacas, é aquela na qual se utiliza uma porção do ramo com uma ou mais folhas ou, diretamente, por meio de uma folha.
Esse é um dos sistemas de propagação mais utilizados, pois as plantas obtidas por esse método são idênticas à planta-mãe. Conforme a parte da planta utilizada, pode-se diferenciar as estacas em lenhosas, semilenhosas, foliares e herbáceas.
Exemplos de plantas multiplicadas por estacas:
  • Nome comum / Nome científico:
  • Antúrio  / Anthurium andraeanum;
  • Primavera, três-marias / Bougainvillea spectabilis;
  • Pingo-de-ouro  / Duranta repens var. aurea;
  • Hera  / Hedera helix;
  • Azaléia  / Rhododendro x simsii;
6.3 Multiplicação por alporquia
 Alporquia é um processo de multiplicação de plantas que consiste em induzir um ramo a emitir raízes, quando ainda ligado à planta. Para isso,
são feitos alporques "aneis", onde são colocados substratos para formação de raízes nessa área. No local da alporquia, deve ser retirada a casca, de maneira que fique um anel em torno do ramo. Para o enraizamento, usa-se musgo bem úmido, que é aplicado em torno do anel. 
Exemplos de plantas multiplicadas por meio de alporquia: 
  • Nome comum  / Nome científico:
  • Congéia / Congea tomentosa;
  • Dracena-malaia / Pleomele reflexa;
  • Estrela-do-norte / Randia formosa;
  • Trepadeira-jade / Strongylodon macrobotrys;
  • Jasmim-estrela / Trachelospermum jasminoides.
 6.4 Multiplicação por mergulhia
 A mergulhia é uma variação da alporquia. Encurva-se o ramo com um corte parcial até o solo, cobrindo com substrato. O contato da região do corte com o solo estimula o enraizamento da muda.

Exemplos de plantas multiplicadas por mergulhia: 
  •  Nome comum / Nome científico:
  • Amor-agarradinho / Antiogonon leptopus;
  • Esponja / Calliandra brevipes;
  • Camélia / Camelia japonica;
  • Madagascar / Quisqualis indica;
 6.5 Multiplicação por enxertia
 Trata-se de um método de multiplicação que utiliza dois exemplares diferentes para formação da muda; o primeiro, que chama-se cavalo ou porta-enxerto, forma a parte radicular; o segundo, que é cavaleiro ou enxerto propriamente dito, originará a parte aérea.
Exemplos de plantas multiplicadas por enxertia: 
  • Nome comum / Nome científico:
  • Roseira / Rosa x grandiflora;
  • Roseira-trepadeira / Rosa x wichuraiana;
  • Frésia /Freesia x hybrida. 
6.6 Divisão de touceiras 
 A multiplicação pela divisão de touceiras é feita fragmentando-se um único indivíduo para obter outros exemplares com as mesmas
características, retirando-se as mudas.
Exemplos de plantas multiplicadas por divisão de touceiras:
  • Nome comum / Nome científico:
  • Bambu-de-jardim / Bambusa gracilis;
  • Moréia-bicolor / Dietes bicolor;
  • Bola-de-neve-mexicana / Echeveria elegans;
  • Grama-azul / Festuca glauca;
  • Helicônia / Heliconia angusta.
6.7 Multiplicação por bulbos
As plantas providas de bulbos multiplicam-se por meio de bulbilhos que são formados lateralmente ao bulbo-mãe. Esses bulbilhos são retirados e plantados novamente, transformando-se em bulbos novos, destinados ao plantio definitivo.
Exemplos de plantas multiplicadas por meio de bulbos:
  • Nome comum / Nome científico:
  • Lírio-beladona, amarilis / Amaryllis belladonna;
  • Caládio / Caladium x hortulanum;
  • Gladíolo / Gladiolus grandiflorus;
  • Copo-de-leite / Zantedeschia aethiopica.
6.8 Multiplicação por rizomas
 Rizomas são caules subterrâneos dotados de reservas, com nós, gemas e escamas. São mais ou menos cilíndricos e crescem lateralmente formando touceira. As plantas rizomatosas podem ser perenes ou passar por um período de repouso. São multiplicadas arrancando-se a touceira e separando-a por partes.
Exemplos de plantas multiplicadas por rizomas:
  • Nome comum / Nome científico:
  • Gloriosa / Gloriosa rothschildiana;
  • Íris / Iris germanica;
  • Lótus / Nelumbo nucifera.
6.9 Multiplicação por esporos
 É feita em espécies como samambaias, renda-portuguesa e avenca,
que apresentam em seus folíolos estruturas cor de ferrugem chamadas soros,
os quais contêm esporos. Em condições adequadas, essas estruturas germinam, permitindo a reprodução dessas plantas.
6.10 Multiplicação por brotações laterais
 Certas espécies emitem brotações laterais, o que permite propagá-las apenas pela separação dessas brotações.
Exemplos de plantas multiplicadas por brotações laterais:
  • Nome comum /Nome científico:
  • Margarida / Crysanthemum leucanthemum;
  • Antúrio / Anthurium andraeanum;
  • Bromélia / Neoregelia carolinae;
  • Agave / Agave americana.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...