terça-feira, 5 de abril de 2011

Como cuidar de orquídeas Phalaenopsis

Como cuidar da Phalaenópsis – a orquídea de supermercado:
A Phalaenopsis se destaca entre as milhares de orquídeas devido a imensa variedade de cores, tamanhos e formatos, além de adaptar-se muito bem em ambientes internos e externos. Muito conhecida, caiu no gosto popular devido a sua beleza e resistência. Sua florado dura até três meses e é facilmente encontrada, inclusive em supermercados.
Abaixo os cuidados básicos:
Luminosidade:
Em primeiro lugar escolha um local bem iluminado e ventilado, dando preferência a locais onde receba o sol da manhã, pois não é tão quente quanto o da tarde. Procure protegê-la do sol do meio dia, seja dentro de casa ou no jardim, mesmo quando as flores já caírem.
 Adubação:
As Phalaenopsis não precisam de muito adubo, sendo uma vez por mês o suficiente. Utilize NPK 10-10-10 ou similar. A quantidade de adubo é uma colher pequena de café dissolvido em 01 litro de água.
Regas:
Regue sua planta pelo menos uma vez a cada 7 dias, deixando que a água escorra pelo fundo. Use água mineral ou de poço, podendo aproveitar a das chuvas e evitando água clorada. Em último caso ferva a água. Verifique se o substrato esta seco, antes de molhar. Água em excesso pode apodrecer as raízes e não deixe água acumulada no pratinho.
Temperatura
A Phalaenopsis, por ser uma orquídea de região tropical, prefere temperatura entre 18 e 28ºC. Sendo assim, é muito sensível a temperaturas extremas. Nas épocas de frio, evite deixar a planta exposta a ventos frios e geadas, pois a temperatura pode chegar a ser negativa. O mesmo se aplica as altas temperaturas, verificando se está protegida do sol, principalmente do meio-dia em diante quando a temperatura passa de 28oC. A exposição a estas condições de temperatura pode causar sérios danos a planta.
Florada
Cada Phalaenopsis tem sua característica, algumas chegam a durar de 3 a 4 meses com flores, já outras não chegam a ficar um mês florida. Não existe tempo certo para florada, pode ser mais de 1 vez ao ano, ou a cada 2 ou 3 anos.  
Quando as flores caírem e a haste começar a secar, você poderá optar em cotar ou não a haste. Se cortar, corte de 15 a 20 cm da base, assim quando chegar ahora dela florir, uma nova haste surgirá. Caso não corte, novas flores poderão brotar da haste velha, ou até mesmo um nova haste. Veja na postagem como cultivar orquídeas, mais informações sobre o assunto.

3 comentários:

Anônimo disse...

2012-03 -06

Adoro a natureza,só é pena que o homen ,esteja a destruila tão rapidamente

Bozena Borecka disse...


Exmos. Senhores,
Gostei de Vosso blogger com a linguagem clara e fotos elucidativas.
Como já me dei conta que os recipientes adequados para as Phalaenopsis são transparentes, peço uma informação relativa a estes vasos transparentes: sabem qual é a firma que os comercializa na Madeira ou em Portugal?
Peço o contacto, correio electrónico e telefone si fizer favor. Meu correio electrónico é: bozenaborecka@gmail.com
Obrigada e bom dia de trabalho com cumprimentos da ilha da Madeira – ilha de flores.
P. S. Fiquei com a foto de vaso transparente com as raízes de Phalaenopsis, a foto que poderei usar num artigo divulgativo se me autorizam.

jm disse...

Gostei muito da linguagem clara do blog. Adoro orquídeas. Mas nunca ousei. Meu quintal recebe sol quase que o dia todo. Existem espécies de orquídeas que se adequam bem ao calor? Quais?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...